Colégio Diversitas

Informações Sobre a COVID-19

Perguntas frequentes em função da Covid-19

INFORME-SE

Desde o dia 18 de março, por determinação do Governo do Estado, estamos com as atividades presenciais suspensas em virtude da pandemia de Covid-19. Já enviamos vários comunicados no decorrer dos últimos meses. Para facilitar a compreensão dos senhores, organizamos todas as dúvidas e perguntas mais frequentes neste documento. Contudo, salientamos que as informações postadas aqui, podem ser alteradas pelos Conselhos Nacional, Estadual e Municipal de Educação, em virtude de alguma alteração dos quadros da pandemia ou de novas necessidades educacionais.

  • Qual é a previsão de retorno das aulas?

No primeiro momento, a previsão de retorno das aulas era para as semanas seguintes, mas, a partir de orientações do poder público local, a suspensão das atividades presenciais passou a vigorar por tempo indeterminado. Portanto, até que haja nova orientação dos órgãos de saúde e educação, não há uma data definida para retorno das aulas presenciais.

Aguardamos as novas resoluções para saber a data do retorno das aulas presenciais ou semi-presenciais. Mas, já destacamos que as aulas voltarão com uma série de protocolos a serem seguidos pelos pais, responsáveis, alunos e funcionários, que são recomendados pelos órgãos de saúde, a fim de garantir a segurança sanitária da comunidade escolar, com todos os cuidados.

  • Como fica a reorganização do calendário escolar?

Por enquanto, apenas a 1ª etapa letiva, que se encerraria no dia 30 de abril, foi modificada. Ela se estendeu até o dia 16 de julho. A 2ª etapa terá início no dia 03 de agosto. As avaliações da 2ª etapa terão início no dia 15 de outubro e enviaremos as datas posteriormente. 

Enquanto não houver novas orientações dos órgãos competentes de educação, a proposta de reorganização do calendário escolar fica da seguinte forma:

  • De 18 a 24 de março: 5 dias letivos a serem repostos oportunamente.
  • Nas semanas de 23 de março e 30 de março: enviamos atividades impressas de várias áreas para os alunos do Ensino Fundamental. 
  • A partir do dia 06 de abril, iniciamos com as aulas síncronas e com as postagens através do Google Sala de Aula. 
  • Estamos seguindo as orientações enviadas pelo Conselho Estadual de Educação para validar as aulas remotas junto à Secretaria de Educação.
  • De 18 de maio a 1º de junho: recesso escolar (referente ao recesso que ocorre no mês de julho)
  • 02 de junho: retorno às atividades (remotas ou presenciais)
  • De 02 de junho a 16 de julho – aulas remotas
  • De 17 de julho a 31 de julho – antecipação de 15 dias de férias de janeiro
  • A partir de 03 de agosto: início da 2ª etapa

A reestruturação dos demais dias letivos e avaliações só será possível quando houver autorização para a volta às aulas e será feita com base em um (re)planejamento que leve em conta as peculiaridades de cada segmento, bem como o cumprimento das 800 horas determinadas pela legislação. 

  • Com as mudanças no calendário, quando ocorreu o recesso escolar, inicialmente previsto para o mês de julho?

Como já mencionado anteriormente, o recesso escolar que sempre ocorre no mês de julho, foi realizado de 18 de maio a 1º de junho.

  • Por que ocorreu uma antecipação das férias de janeiro?
Dos dias 17 de julho a 31 de julho, realizamos a antecipação de 15 dias das férias de janeiro. Todas as escolas de Minas Gerais deverão fazer a antecipação de 15 dias das férias de janeiro, em algum mês do 2º semestre. Isso porque não é possível encerrar o ano letivo de 2020 até dezembro/2020. Algumas escolas decidiram fazer esta antecipação em julho, outras em outubro. No Diversitas, decidimos fazer esta antecipação agora, para não ser necessário interrompermos as aulas presenciais, quando forem autorizadas. 
 5. Como ficam as avaliações e a distribuição de pontos da 2ª etapa?

A distribuição de pontos ocorrerá, de acordo com os segmentos e faixa etária dos estudantes, da seguinte forma:

  • Nas turmas de Educação Infantil: manteremos as fichas de avaliação semestrais. 
  • Nas turmas do 1º e 2º anos: manteremos as avaliações, como as feitas na 1ª etapa, para preenchermos as fichas de avaliação. As professoras agendarão as datas dessas avaliações para acompanhar o desenvolvimento dos alunos e para preencher as fichas de objetivos para cada disciplina. 
  • Do 3º ao 9º Ano do Ensino Fundamental

Avaliações por disciplina: 01 (uma) prova no valor de 12,0 (doze) pontos.

Atividades Diversificadas: 02 (duas) atividades distribuídas ao longo da etapa. Total: 17,0 (dezessete) pontos.

Participação e assiduidade nas aulas digitais: 6,0 pontos

  • Como o Diversitas está realizando atividades escolares no período de suspensão das aulas presenciais?
  • Nas semanas de 23 de março e 30 de março, enviamos atividades impressas de várias disciplinas (Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, Geografia) para os alunos do Ensino Fundamental. 
  • A partir do dia 06 de abril, iniciamos com as aulas síncronas e assíncronas através dos recursos do Google Sala de aula. Também utilizamos vídeos, textos, atividades entre outros recursos digitais.
  • Todos os alunos têm uma conta Google e podem estar presentes e participar das aulas em salas de aula, criadas por cada professor. As aulas síncronas acontecem através do Google Meet. 
  • Os alunos têm um tempo de aula ao vivo e um tempo de realização de tarefas postadas. Eles também têm feito trabalhos e enviado, participado de debates e apresentado trabalhos, através desses recursos. 
  •  Em que consistem as atividades remotas?

Destacamos que as aulas remotas não são iguais e nem substituem as aulas presenciais. Elas surgem como uma medida emergencial, já que, em virtude da COVID 19, não é possível ter aulas presenciais. O ensino remoto é composto por aulas ao vivo, vídeo-aulas, vídeos, orientações, sugestões de leituras, propostas de atividades e diferentes estratégias elaboradas pela Equipe Pedagógica do Colégio.

A ideia é que professor e alunos de uma turma tenham interações e possam trabalhar o conteúdo através de recursos digitais ou impressos. O objetivo é criar uma rotina de aula em um ambiente virtual, que é acessado por cada aluno. 

  • Quais são os conteúdos trabalhados nas aulas digitais?

  Todos os componentes curriculares podem ser contemplados através das atividades remotas. As coordenadoras, junto com os professores das diversas disciplinas, selecionam os conteúdos que serão trabalhados na modalidade não presencial. Portanto, se os alunos estiverem assistindo, participando, estudando e realizando as tarefas, poderão acompanhar os conteúdos com maior tranquilidade. Mas, é muito importante, que os alunos se organizem para assistir as aulas com atenção e compromisso, que realizem as atividades e tirem dúvidas. 

  • Como será controlada a frequência dos alunos?

Por enquanto, a frequência dos alunos será computada pela entrada de cada um na plataforma do Google e durante as aulas síncronas. Na plataforma, é possível acompanharmos todos os passos dados dos alunos e professores, não somente a entrada, mas o que fazem, em que áreas e tempo de acesso etc. 

Estamos ligando e enviando mensagens para informar a ausência dos alunos, para solicitar que realizem tarefas, para informar sobre calendários, para sanar dúvidas sobre os recursos digitais e sobre avaliações.  

  • Quais metodologias estão sendo utilizadas nas aulas remotas?

Cada professor produzirá materiais (áudios, vídeos, atividades orientadas por escrito) que auxiliarão o processo de compreensão do conteúdo. Os professores utilizarão também material de livros virtuais (didáticos e literários). Muitos deles são versões do material que os alunos têm no formato físico.

Adotamos diferentes metodologias considerando as diferenças etárias ou diferenças individuais dos alunos. 

  • Na Educação Infantil, usaremos os recursos digitais para realizar contações de histórias, cantar, fazer brincadeiras, conversar, trabalhar com os projetos, assistir a filmes, animações, entre outras para dar continuidade ao conteúdo.
  • No Ensino Fundamental, usaremos textos em formato digital, baseado na linguagem hipertextual entre outros. O texto em formato digital permite ampliar o conhecimento acerca de uma temática, elucidar e ilustrar conceitos, contextualizar momentos históricos, esclarecer vocabulários específicos, entre diversas outras possibilidades.  A leitura deixa de ser apenas receptiva para tornar-se um processo interativoportais de notícia online, e-booksPDFs interativos etc, sites, Blogs; Tweets; memes; GIFs; Vlogs; Fanfics; entre diversos outros.
  • Métodos colaborativos de produção de conteúdo, como elaboração conjunta de blogs, sites entre outros. 
  • Uso de materiais em diferentes formatos multimídia (como vídeos, apresentações em slides, mapas mentais etc.) colabora para o engajamento da turma. Além disso, pode servir para enriquecer tanto a aula do professor quanto as apresentações dos próprios alunos.
  • Algumas ferramentas que apresentam essas funcionalidades e são usadas por nós: YouTube (edição e compartilhamento de vídeos), o Google Slides e o Prezi (apresentação de slides e construção de mapas mentais), o PowToon (construção de vídeos e animações – em inglês), entre outras. 
O que inserir pode ser inserido em nossos planos?… e como?
1. Interação em ambientes virtuaisGrupos e comunidades nas redes sociais;Fóruns de discussão;Ambiente virtual de aprendizagem;Etc.
2.  Textos em formato digitalPortais de notícia;E-books;PDFs interativos;Etc.
3. Métodos colaborativos de produção de conteúdoBlog/vlog;Banco de textos e artigos;Etc.
4. Apresentações em formatos multimídiaVídeos;Slides;Mapas mentais;Etc.
5. Diferentes formatos de avaliaçãoAvaliações online;Atividades de fixação e reforço;Simulados;Etc.
6. Aplicativos e softwares educacionaisJogosAplicativos educacionais;Etc.
  • As aulas remotas são autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC)?

A modalidade de aulas remotas foi autorizada pelo MEC e está sendo adotada no momento, em caráter emergencial. As aulas remotas são ministradas, em sua maioria, no mesmo horário convencional das aulas presenciais, pelos próprios professores da disciplina, usando recursos tecnológicos para apresentação e interação com os estudantes

 12. Atividades remotas são obrigatórias?

Sim. As atividades remotas são obrigatórias, e as presenças nas aulas estão sendo computadas pela entrada do aluno na Plataforma Google Sala de Aula. Isso deve acontecer diariamente e em todas as séries.

 13. As atividades remotas poderão ser consideradas letivas dentro da carga horária mínima obrigatória?

Sim. Por decisão do Conselho Estadual de Educação, até o momento, poderemos ministrar até 20% das atividades escolares no formato remoto. Se a suspensão das aulas prosseguir para além desse percentual, ainda teremos a possibilidade de reposição. As possibilidades de calendário com cenários diferentes em relação à duração do período de suspensão das aulas estão em estudo.

 14. Qual é a importância da família nessa modalidade de ensino?

Os pais e responsáveis têm papel semelhante nas duas modalidades de ensino (presencial e não presencial), ou seja, orientar os estudantes para a rotina de estudos e estar conectados às diretrizes pedagógicas da escola. Mas, já encaminhamos as seguintes orientações através de vários materiais e novamente reforçamos:

  • Oriente e organize os horários e materiais de seu(sua) filho(a)

O cenário que estamos vivendo é desafiador para todo mundo. As crianças e adolescentes precisam se adaptar à nova rotina de estudos em um ambiente diferente do qual elas estavam acostumadas.

O grande desafio para as crianças pequenas é mantê-las engajadas, dando continuidade ao seu aprendizado. Para amenizar esse obstáculo, as orientações para as famílias são de conhecer detalhes sobre o tempo de desenvolvimento da faixa etária do seu filho, compreender que ele(ela) tem o seu tempo de concentração e entender as novas metodologias de ensino. Também é importante que algum adulto acompanhe as crianças e mantenha contato permanente com as professoras. 

Na Educação Infantil e 1º ano, a forma de aprender não é a mesma dos alunos maiores, o ritmo é outro, e os conteúdos são apresentados de maneira integrada e interdisciplinar. É por isso que, ao pegar uma atividade passada pelo professor, muitas vezes você não encontrará apenas tarefas de matemática, por exemplo. Mais do que uma lista de contas, as atividades combinam várias áreas do conhecimento para promover pensamento crítico e desenvolver outras habilidades, não só intelectuais, mas também socioemocionais e motoras.

No caso do Fundamental, os pais devem verificar se seus filhos estão assistindo as aulas, se estão fazendo as tarefas e atividades, se estão com dúvidas e estudando. É muito importante ajudar e verificar os materiais, livros e o mural de atividades de cada disciplina. 

  • Prepare um ambiente adequado para seu(sua filho(a) assistir as aulas

Evite lugares barulhentos e com muitos estímulos. Desligue os celulares e televisões. Coloque ou oriente seu(a) filho(a) a colocar na mesa os livros, cadernos, lápis, borracha e outros materiais. 

  • Crie uma rotina de atividades

Muitos familiares e responsáveis se questionam se é possível criar uma rotina de aprendizado para os filhos em casa. A resposta é: sim! A ideia é fazer com que o estudante realize as mesmas coisas todos os dias por volta do mesmo horário.

Isso inclusive serve como referencial para os pequenos, que muitas vezes ainda não aprenderam a ver as horas. Eles se orientam no seu dia a dia por da rotina que possuem. Na escola, é assim que eles sabem que está na hora de comer, do descanso da tarde ou se está chegando o momento de ir para casa. Por isso, as orientações para as famílias é de que é importante priorizar o período de estudo em casa no mesmo turno que a criança vai para a escola.

  • Mantenha o foco e a dedicação

“O momento é conturbado e preocupante, mas não devemos esmorecer nem desistir. As orientações para as famílias neste momento é que precisamos continuar tentando fazer o melhor com o que a gente tem em mãos hoje. É bem possível que algumas situações, comportamentos e interações mudem mesmo após superarmos essa pandemia.

E a educação é uma das áreas que está se ressignificando. A maneira de ensinar já não é a mesma há anos, pois sempre está em busca de novos conceitos, como o de aprendizagem significativa, o aluno como protagonista do seu aprendizado e o professor como um mediador desse processo.

Tudo isso não é exatamente novo, já que tem sido discutido e buscado aplicações nos últimos anos. Esse cenário, embora indesejado, pode acelerar e agilizar esses avanços tão necessários. Portanto, mantenhamos o foco e a dedicação, tudo isso irá passar em breve.” https://sae.digital/

15. Quais são os canais de comunicação das famílias com o Colégio?

O horário de atendimento na Recepção/Telefonia também está reduzido, conforme disposto a seguir.

Segunda a sexta-feira

Das 8h às 12h e das 13h às 15h

Telefones: 3389-6295 e 3389-6250

WhatsApp (031) 96334665

Os alunos podem entrar em contato e tirar dúvidas pelo e-mail dos professores e durante as aulas síncronas. 

E-mail da secretaria: secretaria@colegiodiversitas.com.br

 16. Como o Diversitas está se preparando para uma possível volta às aulas presenciais?

As escolas particulares começam a preparar o retorno às aulas presenciais. Ainda não está estabelecido a data, mas já estamos seguindo os protocolos elaborados por órgãos governamentais e pelo SINEP. Um protocolo de volta às aulas foi elaborado pelo Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (SinepMG). As normas foram criadas em conjunto com a Associação Mineira de Epidemiologia e Controle de Infecções (Ameci), preveem várias normas e orientações para pais, alunos e funcionários. 

Mesmo sem a data de retorno estabelecida, já estamos nos preparando e formando uma comissão de funcionários e uma de pais para acompanhar esses protocolos. Também estamos fazendo as adaptações físicas e produzindo materiais de formação para toda a equipe, alunos e responsáveis. 

Todas as famílias receberão as orientações sobre a data de retorno e sobre as orientações para a segurança da saúde física e emocional.